Incentivo Cultural :: Política de Patrocínio e Apoio Cultural

13 08 2013

politica_patrocinio_porto seguro

Sempre recebo e-mails de produtores culturais ou profissionais que atuam com projetos culturais com muitas dúvidas de como montar uma proposta e quais são as diretrizes para uma boa proposta de patrocínio.

Tive a oportunidade de trabalhar durante seis anos na Porto Seguro e durante cinco anos participei de um grupo de teatro mantido pela empresa. Atualmente esse grupo infelizmente não existe mais, porém a empresa com a visão do lider inovador Jayme Garfinkel continua apoiando a cultura nacional.

Abaixo coloco as informações do site da empresa que darão uma ótima base para sua proposta e caso tenha interesse em patrocínio da empresa, também estão todas as informações sobre os procedimentos e contato:

A Corporação Porto Seguro procura patrocinar e apoiar diversos tipos de projetos sociais e culturais, independentemente da exposição nos meios de comunicação ou da presença de nomes consagrados. A Política de Patrocínio da Porto Seguro é compreendida como uma ação de comunicação de relacionamento com o cliente, com o objetivo de oferecer benefícios de qualidade vinculados ao cumprimento da missão e valores da empresa. No intuito de descobrir e valorizar o potencial de novos talentos e promover a descentralização da cultura e a democratização da arte com qualidade. Para 2014, estamos focando nossas parcerias em peças teatrais e shows musicais, que tenham temporada pelo Brasil todo.

Segmentos:

  • Culturais (Artes Cênicas e Música)
  • Sociais e educacionais
  • Esportes

Diretrizes:

  • Vincular as ações de patrocínio e apoio à missão institucional da empresa e seus objetivos estratégicos
  • Descentralizar geograficamente a distribuição dos recursos de patrocínio e apoio, no âmbito do território nacional, tanto no aspecto da localização das entidades proponentes, quanto no do público
  • Beneficiário dos projetos e, sempre que possível, evitar concentração em determinadas regiões
  • Promover inovações, produções e divulgações tecnológicas, culturais e esportivas
  • Promover o desenvolvimento humano, a brasilidade e a auto-estima dos brasileiros
  • Promover a igualdade de gênero, a diversidade étnica e cultural
  • Promover a preservação ambiental e o desenvolvimento sustentável

Critérios e Seleção:

  • Projetos que sigam os segmentos acima citados
  • Localização e qualidade técnica do local (teatro, casa de show ou espaço cultural)
  • Criatividade e objetividade do projeto
  • Abrangência geográfica
  • Viabilidade do projeto
  • Compatibilidade entre custos e benefícios

Não serão aceitos projetos que tenham:

  • Vínculo com empresas relacionadas direta ou indiretamente com os serviços oferecidos pela Corporação Porto Seguro
  • Ações que incitam violência, religião, drogas e sexo
  • Fora do prazo
  • Que não atendam aos critérios de seleção acima

Solicitação de Patrocínio e Apoio Cultural

A Porto Seguro patrocina projetos aprovados pela Lei nº. 8.313, mais conhecida como Lei Rouanet, que é uma lei brasileira para incentivar investimentos culturais, que pode ser usada por empresas e pessoas físicas que desejam financiar projetos culturais.

Importante: O período de recebimento de projetos para Lei Rouanet para 2014 é de 16 de setembro a 29 de novembro de 2013. O retorno de todos os projetos ocorrerá até 31 de janeiro de 2014.

Roteiro para elaboração de projetos:

Apresentação

Mostre, resumidamente, a essência do projeto. A apresentação é parte fundamental do projeto. Neste item, o patrocinador/apoiador deverá compreender de forma rápida a sua proposta. Informe, de maneira clara, breve e sucinta, os objetivos gerais, as atividades previstas, os principais profissionais envolvidos e o valor do investimento solicitado.

Justificativa

Informe por que e para que implementar o projeto. Ressalte aqui o público beneficiado, local de atuação, relevância do projeto, contexto artístico em que se insere o projeto, indicando o que ele agrega à sociedade.

Objetivos

Descreva os principais objetivos a serem alcançados pelo projeto. O proponente deverá informar “o quê” pretende realizar de maneira clara e sucinta, além de descrever o que pretende atingir.

Cronograma das Atividades

Informe as atividades que você pretende desenvolver e os seus prazos. Relacione as principais atividades do projeto indicando o prazo para a realização de cada uma. Este item é de fundamental importância para o acompanhamento e a boa gestão do projeto.

Temporada

Informe a temporada fechada com data, horário e local já definidos.

Equipe

Relacione a equipe técnica, elenco, autor e direção do projeto.

Plano de Comunicação

Explique, brevemente, como você pretende divulgar seu projeto. Deve estar previsto no projeto um plano de comunicação e divulgação (veiculação na mídia impressa e eletrônica, material gráfico para distribuição, assessoria de imprensa etc.).

Cotas de Patrocínio e Apoio

Se o seu projeto já possui cotas de apoio, coloque discriminando os benefícios oferecidos de forma clara. Deixe claro se os valores são negociáveis.

Contato

Especifique o nome do produtor, endereço, telefones e e-mail para contato.

Como enviar o projeto?

Caso seu projeto atenda os requisitos aqui mencionados, você pode encaminhar o projeto para o e-mail: saulo.haikal@portoseguro.com.br ou físico (impresso, CD e/ou DVD) para o endereço:

A/C: Projetos Culturais – Porto Seguro
Av. Angélica, 2.220 – Cj. 81 e 82 – Higienópolis
São Paulo – SP
CEP.: 01228-100

Site: Acesse aqui todas informações





Patrocínio Sociocultural: Abertas as inscrições para a Comgas

10 09 2010

Assim, a Política de Patrocínio da Comgás busca “tridimensionalizar” os efeitos benéficos da atuação da Comgás, ampliando nosso tradicional compromisso com o meio ambiente, para chegar à dinâmica transformadora da relação natureza + tecnologia + ser humano.
Até o dia 29 de outubro, o Fundo Congas de Patrocínio Sociocultural recebe a inscrição de projetos nas áreas de audiovisual, teatro, dança, circo, música, artes visuais, patrimônio cultural e literatura no estado de São Paulo.

A proposta é incentivar a diversidade das expressões artísticas, a democratização do acesso à cultura, a geração de oportunidades de aprendizado, a valorização dos saberes locais e o desenvolvimento social sustentável.E também estimular a participação social, cultural e econômica, priorizando a geração e a disseminação de metodologias e tecnologias sociais sustentadas no desenvolvimento humano e no respeito ao meio ambiente.

Linhas de Participação

- Participação cultural – Projeto promove a participação artística e/ou valoriza, resgata ou preserva a memória imaterial de comunidades.

- Educação – Projeto de educação, formal ou não formal, com foco na infância e na juventude.

- Consciência ambiental – Projeto promove consciências, atitudes e conhecimentos em relação à conservação dos recursos naturais.

Para mais informações, Clique aqui.

Fonte: Incetivo Cultural





Roteiro para Elaboração de Proposta de Captação de Patrocínio

26 08 2010

Muitas vezes me perguntam qual o melhor modelo de patrocínio, ou qual seria o roteiro para preparar uma apresentação de uma proposta comercial de patrocínio e a resposta é: Não existe um modelo único.

Isso porque cada empresa tem uma estratégia diferente e um mesmo projeto terá um tipo de ação diferenciada para cada empresa, porém o produtor cultural, esportivo ou de negócios tem que ter um modelo padrão de PROPOSTA DE CAPTAÇÃO PATROCÍNIO para apresentar as empresas e defender seu projeto da maneira mais profissional e adequada, porque a apresentação da proposta é a Chave do Sucesso.

Uma das principais patrocinadoras do país é a Petrobrás e eles são muito exigentes com as informações necessárias para análise dos projetos a serem patrocinados, por esse motivo a escolhi como modelo para apresentar uma opção inicial para você desenvolver seu próprio projeto e PROPOSTA DE CAPTAÇÃO DE PATROCÍNIO.

Espero que as informações abaixo auxiliem de alguma maneira e sucesso com seu projeto !

Marcelo Azevedo


******************************************************
APRESENTAÇÃO

A apresentação é uma das partes mais importantes na elaboração do projeto. É por meio dela que a Comissão de Seleção do Programa Petrobras Cultural poderá entender – de forma rápida e objetiva – a proposta integral do projeto. Seja claro e objetivo, incluindo apenas as informações essenciais ao seu entendimento.
Descreva de modo sucinto o histórico, o objetivo geral, as atividades previstas, os resultados esperados e o valor do investimento solicitado. Concentre-se em descrever o conteúdo específico do projeto, evitando dissertar sobre as referências teóricas e conceituais que lhe dão suporte.
No caso de projeto de Turnê de Shows/ Concertos, informe o número de apresentações.
No caso de projeto de Aprimoramento de Websites, inclua o tempo de vida do website em questão.
É fundamental destacar os resultados concretos a serem obtidos com a execução do projeto.
Isso ajuda a situar a Comissão de Seleção quanto às dimensões e ao potencial do projeto.
OBJETIVOS

O proponente deverá informar, de maneira clara e sucinta, o que pretende realizar, além de expressar o(s) resultado(s) que espera atingir, o(s) produto(s) final(is), o período e local da realização.
É importante deixar claro como os objetivos do projeto se ajustam às exigências estabelecidas no regulamento da Área de Seleção Pública pretendida. (ver item “Projetos” no Regulamento). Caso o projeto tenha mais de um objetivo, mencione todos.
Exemplo:
Objetivo geral:
  • Realizar festival de filmes de curta-metragem, durante 5 (cinco) dias, na cidade do Rio de Janeiro, com foco no público adolescente.
Objetivos específicos:
  • Realizar mostra de filmes de curta-metragem em 5 (cinco) salas.
  • Realizar palestras com diretores dos filmes.

APRESENTAÇÃO

A apresentação é uma das partes mais importantes na elaboração do projeto. É por meio delaque a Comissão de Seleção do Programa Petrobras Cultural poderá entender – de formarápida e objetiva – a proposta integral do projeto. Seja claro e objetivo, incluindo apenas asinformações essenciais ao seu entendimento.Descreva de modo sucinto o histórico, o objetivo geral, as atividades previstas, osresultados esperados e o valor do investimento solicitado. Concentre-se em descrever oconteúdo específico do projeto, evitando dissertar sobre as referências teóricas e conceituaisque lhe dão suporte.No caso de projeto de Turnê de Shows/ Concertos, informe o número de apresentações.No caso de projeto de Aprimoramento de Websites, inclua o tempo de vida do website emquestão.É fundamental destacar os resultados concretos a serem obtidos com a execução do projeto.Isso ajuda a situar a Comissão de Seleção quanto às dimensões e ao potencial do projeto.OBJETIVOSO proponente deverá informar, de maneira clara e sucinta, o que pretende realizar, além deexpressar o(s) resultado(s) que espera atingir, o(s) produto(s) final(is), o período e local darealização.É importante deixar claro como os objetivos do projeto se ajustam às exigências estabelecidasno regulamento da Área de Seleção Pública pretendida. (ver item “Projetos” no Regulamento).Caso o projeto tenha mais de um objetivo, mencione todos.

Exemplo:

Objetivo geral:

Realizar festival de filmes de curta-metragem, durante 5 (cinco) dias, na cidade do Rio deJaneiro, com foco no público adolescente.

Objetivos específicos:

  • Realizar mostra de filmes de curta-metragem em 5 (cinco) salas.
  • Realizar palestras com diretores dos filmes.
  • Lançar Fórum Virtual de Curtas-metragens.

JUSTIFICATIVA

Neste item o proponente deverá elaborar a justificativa visando responder às seguintes

questões:

  • Por que tomou a iniciativa de realizar o projeto?
  • Que circunstâncias favorecem sua execução?
  • Como o projeto atende aos critérios de seleção e qualificação estabelecidos para a Área de
  • Seleção Pública pretendida? (ver item “Critérios de análise dos projetos” no Regulamento)
  • Qual o diferencial do projeto? (ineditismo, pioneirismo, resgate histórico etc.)

SINOPSE

Campo específico para projetos do Setor Audiovisual: apresentação concisa do conteúdo do

filme proposto.

ESTRATÉGIAS DE AÇÃO (MEMORIAL DESCRITIVO)

Este campo refere-se ao detalhamento das etapas de trabalho. Enumere e descreva as atividades necessárias para atingir o(s) objetivo(s) desejado(s) e explique como pretende desenvolvê-las.

Observação: Não use planilhas Excel ou tabelas. O aplicativo trabalha apenas com texto corrido.

Uma boa estratégia de ação é aquela que:

  • demonstra a capacidade do proponente de viabilizar o projeto;
  • detalha os objetivos e mostra claramente as etapas da realização;
  • prevê o tempo de duração de cada etapa;
  • relaciona e descreve as parcerias (institucionais: órgãos públicos, fundações e instituições;
  • promocionais: veículos de comunicação associados; e empresariais: apoio e colaboração em recursos humanos, materiais ou financeiros);
  • demonstra coerência com o orçamento; e
  • destaca as ações que não serão subsidiadas pelo Programa Petrobras Cultural, mas que são importantes para a compreensão geral do projeto. Neste caso, é necessário indicar como essas ações serão custeadas, conforme a coluna 9 do orçamento físico-financeiro.

PREVISÃO DE DURAÇÃO DO PROJETO

Informe a data prevista para início e término do projeto, considerando todas as suas etapas. O detalhamento do período de realização do projeto deve ser apresentado no anexo obrigatório “Cronograma”, conforme o modelo sugerido abaixo.
Anexo Obrigatório: Cronograma
O cronograma deverá ser elaborado conforme o modelo sugerido neste Roteiro e anexado em formato PDF.
O cronograma constitui instrumento essencial de gestão e, por isso, deve ser elaborado com critério. Relacione as principais atividades do projeto – de acordo com o campo “ESTRATÉGIAS DE AÇÃO (MEMORIAL DESCRITIVO)” –, indicando os prazos de realização de cada uma delas. Leve em consideração o prazo máximo de execução do projeto descrito no Regulamento Específico de sua Área de Seleção Pública. Use o mês como unidade.
Modelo sugerido:
Etapas Atividades Jan Fev Mar Abr
1 PRÉ-PRODUÇÃO / PREPARAÇÃO. X
2 PRODUÇÃO / EXECUÇÃO X
X
3 DIVULGAÇÃO / COMERCIALIZAÇÃO
X X
4 CUSTOS ADMINISTRATIVOS
X X X
5 IMPOSTOS/RECOLHIMENTOS
X X
6 ELABORAÇÃO / AGENCIAMENTO
X
PERIODICIDADE DO EVENTO
Informe qual é a periodicidade do evento (de quanto em quanto tempo ele é realizado). Campo exclusivo da Área “Eventos de artes eletrônicas e cultura digital”.
PLANO DE DISTRIBUIÇÃO DOS PRODUTOS CULTURAIS
Indique a tiragem dos produtos gerados pelo projeto, tais como discos, livros, jornais, vídeos, CD-ROM, catálogos etc. Em caso de espetáculos, shows, exposições, festivais e outros eventos, informe o número e previsão de valor dos ingressos e/ou o público estimado.
Informe se os produtos serão comercializados e/ou se haverá distribuição gratuita. Em caso de distribuição gratuita, informe os beneficiados.
Indique o percentual de distribuição comercial (discriminar a quantidade e o valor pretendido), o percentual de distribuição gratuita (discriminar a quantidade e a destinação) e o percentual para o patrocinador (até 10% [dez por cento]) etc.
Informe o perfil do público estimado: faixa etária, camada social, gênero, localização geográfica e outras informações pertinentes.
PLANO DE DIVULGAÇÃO, COMUNICAÇÃO E CONTRAPARTIDAS
Este módulo refere-se às formas de comunicação e divulgação do projeto para o público em geral, com detalhamento de suas contrapartidas.
Divulgação e Comunicação
Indique as ações e os materiais de divulgação do projeto previstos, com suas respectivas especificações e quantidades.
Exemplo: banners 1m x 2m em lona, com impressão em 4/0 cores; convites em tamanho postal, papel couchê 4/2 cores; cartazes em couchê brilho 180g, 4 cores; site; assessoria de imprensa; veiculação na mídia impressa (4 anúncios ½ página, cor, segundo caderno O Globo), eletrônica (1.000 impressões banner no portal Terra) e digital (envio de cinco mil newsletters); ações promocionais (descrição das ações) etc.
Contrapartidas
Indique as contrapartidas do projeto:
1. Institucionais: formas de aplicação das logomarcas dos parceiros nos materiais de divulgação, compromisso de mencionar as parcerias nos materiais de divulgação para a imprensa e entrevistas concedidas. Exemplo: fazer figurar a logomarca da Petrobras em todo material promocional e publicitário relativo ao projeto e notas de imprensa.
2. Estruturais: iniciativas de impacto social, de formação de público e reflexão. Exemplo: capacitação de jovens para a produção cultural, geração de oportunidade de trabalho para comunidades de baixa renda etc.
3. Compensatórias: iniciativas que promovam a democratização do acesso aos bens culturais resultantes do projeto. Exemplo: permitir acesso gratuito ou a preços populares para portadores de necessidades especiais, portadores de doenças crônicas graves,
idosos, estudantes de escolas públicas.
Observações:
Informe quantas empresas/instituições participarão do projeto e sob quais chancelas e categorias (ex: patrocínio, apoio, realização, parceria etc.). Indique as contrapartidas oferecidas para essas empresas/instituições em cada categoria de participação.
Para o correto preenchimento deste campo, consulte o item “Retorno Institucional” nos Regulamentos Geral e Específico de cada área.
RELAÇÃO DOS DIRETORES
Campo específico para projetos do Setor Audiovisual: informe o nome e o nome artístico do(s) diretor(es), bem como o estado (UF).
EQUIPE TÉCNICA

Informe o nome, a função no projeto, a experiência profissional e a formação da equipe técnica envolvida no projeto.
Campo não existente nas áreas dos setores Literatura e Audiovisual.
IDENTIFICAÇÃO DE ARTISTAS
Informe o nome, o nome artístico e o currículo dos artistas participantes do projeto. Campo exclusivo das áreas dos setores Música e Artes Cênicas (exceto Manutenção de grupos, companhias de circo e trupes circenses).
RELAÇÃO DE CD´S GRAVADOS

Campo específico para projetos do Setor Música: preencha neste campo o(s) título(s) do(s) CD(s), o ano em que foi(ram) editado(s) e a(s) empresa(s) gravadora(s).
RELAÇÃO DE LIVROS PUBLICADOS PELO AUTOR

Campo específico para projetos do Setor Literatura: preencha neste campo o(s) título(s) do(s) livro(s), local de publicação, editora, data, número de páginas, categoria (ficção, poesia etc.) e ISBN.
PROJETO APROVADO NA LEI DE INCENTIVO
Este campo somente deverá ser preenchido caso o projeto já esteja aprovado na Lei Federal de Incentivo à Cultura – Lei Rouanet ou Lei do Audiovisual, conforme o projeto – com a respectiva publicação no Diário Oficial da União. Neste caso, informe o número do Pronac (ou Salic, no caso da Ancine), a data de publicação no Diário Oficial da União e o mecanismo de apoio (Artigo 1°-A, 18, ou 26).
Para efeito desta edição, o PPC não exigirá, no momento da inscrição dos projetos, a inscrição ou aprovação prévia do projeto em Lei de Incentivo, exceto no Setor Audiovisual, em que os projetos de longa-metragem (produção e difusão) já deverão estar inscritos na Lei do Audiovisual no momento da inscrição no PPC PROJETO INSCRITO EM EDIÇÕES ANTERIORES DO PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL
Informe se o projeto que está sendo inscrito já foi apresentado em edições anteriores do Programa Petrobras Cultural, discriminando se na Edição 2003, 2004/2005, 2005/2006, 2006/2007, 2007/2008 (Festivais de Cinema), 2008/2009.
PROJETO CONTEMPLADO EM EDIÇÕES ANTERIORES DO PROGRAMA PETROBRAS CULTURAL
Informe se o projeto que está sendo inscrito já foi contemplado em edições anteriores do Programa Petrobras Cultural, discriminando se na Edição 2003, 2004/2005, 2005/2006, 2006/2007, 2007/2008 (Festivais de Cinema), 2008/2009. Informe os resultados obtidos.
ABRANGÊNCIA
Selecione o(s) estado(s) onde o projeto será realizado.
LOCAL DE FILMAGEM
Campo específico para projetos do Setor Audiovisual. Selecione o(s) estado(s) onde será realizada a filmagem.
ORÇAMENTO
Neste campo do formulário devem ser informados os subtotais correspondentes a cada fase do projeto (Pré-produção/Preparação, Produção/Execução, Divulgação/Comercialização, Custos Administrativos, Impostos/Seguros, Elaboração, Agenciamento e totais), conforme apresentados de forma mais detalhada no anexo obrigatório “Orçamento físico-financeiro”. Os valores aqui inseridos devem coincidir com os apresentados em tal anexo, e devem ser referentes ao projeto como um todo, incluindo os valores solicitados à Petrobras e também os valores a serem patrocinados por outras fontes.
No caso da Área “Criação Literária: Ficção e Poesia”, além de não ser exigida a apresentação do anexo ”Orçamento físico-financeiro”, os campos deste item no formulário já vêm preenchidos com a indicação da distribuição dos valores nos projetos, com um prazo estimado de 10 (dez) meses.
Anexo Obrigatório: Orçamento Físico-Financeiro
Observação:. Este anexo não é exigido para os projetos inscritos na Área “Criação Literária: Ficção e Poesia”.
O orçamento físico-financeiro deverá ser elaborado conforme o modelo apresentado neste Roteiro de Elaboração de Projetos e deverá ser anexado ao formulário de inscrição em formato PDF.
O orçamento físico-financeiro deverá refletir e detalhar os valores das etapas de trabalho descritas na estratégia de ação, considerando a incidência de todas as tributações previstas em lei, inclusive as trabalhistas e de direitos autorais.
Inclua um cabeçalho com o título do projeto, nome do proponente e CPF ou CNPJ do proponente na parte superior da planilha do orçamento físico-financeiro, conforme o modelo apresentado.
No caso do Setor Artes Cênicas, será necessário apresentar duas planilhas de orçamento físico-financeiro: Etapa 1 e Etapa 2. Ver mais detalhes nos Regulamentos específicos das áreas.
Atenção: O orçamento físico-financeiro deverá demonstrar com clareza quais itens serão financiados com os recursos do patrocínio da Petrobras, e quais itens serão financiados com recursos de outras fontes. (Coluna 9 – “Fontes de Captação” do modelo sugerido)
Modelo sugerido
Título do projeto:
Nome do proponente:
CPF/CNPJ do proponente:
Início Término
1
2
3
4
5
6
Elaboração
Agenciamento
VALOR SOLICITADO A PETROBRAS
VALOR SOLICITADO A OUTRAS FONTES
TOTAL DE ELABORAÇÃO E AGENCIAMENTO
VALOR TOTAL DO PROJETO (somatório de 1 a 6)
ELABORAÇÃO/AGENCIAMENTO
SUBTOTAL 1 A 5
IMPOSTOS/RECOLHIMENTOS
TOTAL DE IMPOSTOS/ RECOLHIMENTOS
CUSTOS ADMINISTRATIVOS
TOTAL DE CUSTOS ADMINISTRATIVOS
DIVULGAÇÃO/ COMERCIALIZAÇÃO
TOTAL DE DIVULGAÇÃO/ COMERCIALIZAÇÃO
TOTAL DE PRODUÇÃO/ EXECUÇÃO
TOTAL DE PRÉ-PRODUÇÃO/ PREPARAÇÃO
PRODUÇÃO/ EXECUÇÃO
9 – Fonte de
captação
10 – Prazo de
PRÉ-PRODUÇÃO/ PREPARAÇÃO
5- Quantidade de unidades 6- Valor Unitário 7- Total da linha 8- Total 1- Etapas/ fases 2- Descrição das etapas/fases 3- Quantidade 4- Unidade Descrição das colunas do modelo de orçamento físico-financeiro:
1. Etapas/ fases – Numerar sequencialmente as etapas/ fases.
2. Descrição das etapas/fases – Indicar o item ou serviço que será contratado/utilizado, com base nas atividades, profissionais, serviços, equipamentos e materiais usualmente previstos em projetos culturais. Preencha apenas aquelas que são necessárias à execução do seu projeto.
3. Quantidade – Indicar, nesta coluna, o número de itens descritos em cada linha da coluna 2. (Ex: 20, 2, 30 etc.)
4. Unidade – Indicar a unidade de medida. Deve ser um indicador de como se mensura o material ou serviço a ser empregado para a realização de cada um dos itens das atividades descritas. (Ex: lata, metro, dias, semanas, meses, km etc.)
5. Quantidade de unidades – Indicar quantas vezes serão utilizadas as unidades (coluna 4) de despesas necessárias à realização do projeto. (Ex: 4, 2, 3 etc.)
6. Valor unitário – Indicar o valor unitário de cada item de despesa, em reais. (Ex: R$ 300,00, R$ 120,00 etc.)
7. Total da linha – Multiplicar a quantidade (coluna 3) pela quantidade de unidades (coluna 5) e este resultado pelo valor unitário (coluna 6).
8. Total – Somatório dos subitens da Descrição das etapas/fases.f
9. Fonte de captação – Informar qual a fonte de captação da etapa/fase. (Ex: Petrobras ou outras fontes.)
10. Prazo de duração – Especificar data de início e término de realização do item.
Fonte: Petrobrás







Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

Junte-se a 467 outros seguidores

%d blogueiros gostam disto: