Carnaval de Salvador tem patrocínio recorde de R$ 45 milhões

12 02 2014

O Carnaval de Salvador este ano apresenta uma série de novidades. A começar do patrocínio. A prefeitura da capital baiana conseguiu arrecadar para os festejos de Momo R$ 45 milhões com os patrocinadores Itaipava, Schin, Net, Itaú e Governo do Estado de Bahia. Com esses recursos, a prefeitura vai cobrir os custos da festa e ainda obter um lucro de R$ 10 milhões.

Um dos motivos que atraiu as duas cervejarias Schin e Itaipava para patrocinar a festa foi a exclusividade na venda de cervejas no Carnaval. A Itaipava entra com R$ 10 milhões e ficará com o monopólio do circuito Dodô (Barra-Ondina). Já a Schin – que também entra com R$ 10 milhões – estará no circuito Osmar (Campo Grande-Praça Castro Alves) e nos bairros. Ambulantes cadastrados vão receber gratuitamente uniformes e equipamentos para a venda de bebidas.

Para garantir a zona de exclusividade, a prefeitura vai montar 65 pórticos de acesso ao longo dos arredores dos circuitos. As entradas serão controladas em parceria com a Polícia Militar, que vai impedir a entrada de ambulantes de outras marcas de cerveja além de fazer a segurança preventiva.

Apesar da exclusividade, a prefeitura está preocupada com o valor da bebida a ser vendida nos circuitos. “Esse monopólio não pode repercutir nos preços, que não sejam compatíveis com o folião”, afirmou o prefeito ACM Neto.

As cervejarias ainda estão estudando qual será esse valor. Douglas Costa, diretor de Mercado do Grupo Petrópolis que fabrica a Itaipava, afirmou que O preço será acessível e acrescentou que essa forma de patrocínio atende as necessidades da empresa que está há um ano no mercado baiano. “Nossa principal estratégia é estar no chão da rua junto com os foliões, mais do que patrocinar camarotes. Nosso foco é a venda e distribuição, queremos que todos provem a cerveja e conheçam a marca”, justificou.

O Carnaval de rua da Bahia também traz novidades no circuito Osmar. Os blocos afros (representações culturais de matriz africana como o afoxé Filhos de Gandhy e o bloco Ilê Ayê) serão tema deste ano da folia baiana e vão desfilar a partir das 18h30 no domingo, segunda e terça-feira, num desfile que leva o nome de Afródromo. Essa é uma antiga reivindicação dos blocos que iam para a avenida de madrugada e se ressentiam da pouca participação do público e menor visibilidade na mídia. A medida foi elogiada pelo vice-presidente do bloco Malê DeBalê Miguel Arcanjo. “Agora só esperamos que a imprensa também registre o nosso desfile e não apenas os trios do circuito Barra-Ondina”, alerta.

Criticada por não favorecer o folião pipoca (aquele que não compra os caros abadás para sair nos trios elétricos), a folia baiana começa a sofrer algumas modificações nesse sentido. Projetos especiais com apresentações de trios sem corda iniciados no ano passado e forma reforçados em 2014. Já estão garantidas as participações de Saulo, Chiclete com Banana e Daniela Mercury, no Circuito Osmar.

Fonte: Ne10


Ações

Information

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s




%d blogueiros gostam disto: