ROI de Patrocínio

7 02 2017

ROI.jpg

Equalizando demandas, critérios e resultados

Um dos principais desafios dos executivos que atuam com marketing está relacionado à aprovação de altos investimentos destinados para patrocínio de eventos e grandes projetos.

Em contato com amigos que atuam nas mais diversas áreas do mercado a conversa é a mesma, uma enxurrada de emails, projetos, reuniões e oportunidades únicas recebidas DIARIAMENTE.

E como diferenciar tantos projetos e justificar os alto investimentos?

Já fiz alguns posts relacionados com o tema ROI – Return on Investiment  mas é algo recorrente nas estratégias corporativas e claro que há dúvidas na hora de planejar as métricas que serão utilizadas para mensurar os resultados e grandes problemas com a falta de clareza nos objetivos. Como realizar um plano de mídia que amplie e justifique os investimentos?

Com base nessas questões a ABA – Associação Brasileira de Anunciantes irá reunir grandes nomes de executivos e empresas que possuem longo histórico nacional e internacional com o tema e tive a honra de ser convidado para moderar um dos painéis que irá abordar de maneira prática, os cases internacionais dessas organizações.

Confira um resumo do programa:

Sandra Martinelli, Presidente Executiva da ABA.

As lições de cases internacionais consagrados

  • Eduardo Picarelli, Diretor de marcas mainstream da Heineken e membro do comitê de Branding & Conteúdo da ABA.
  • Rodrigo Rivellino, CEO da Aktuellmix
  • Moderador: Marcelo Azevedo, Diretor de Marketing e Parcerias pela UBCRESP – União dos Blocos de Carnaval de Rua do Estado de SP.

Definindo os indicadores de resultados

  • Cláudio Jorge Oliveira, Gerente de eventos e promoções da Petrobras.
  • Moderador: Renato Politti, Diretor de vendas para a América Latina da Sponsorium.

A importância do plano de mídia nos patrocínios

  • Ricardo Mazzucca, Diretor de Marketing Esportivo e Desenvolvimento de Produtos da Rede Globo.
  • Hermann Mahnke, Diretor de Marketing América do Sul da GM.
  • Moderador: Fernando Guntovitch, CEO da The Group.

Massa né !?

O valor de inscrição para não associados é de R$ 1.000 mas ganhei duas cortesias para esse evento e vou compartilhar com dois leitores que residam em São Paulo.

Basta acessar nossa comunidade no Linkedin: Patrocínio & Marketing e responder no post relacionado #ROIEUVOU

Para conhecer o programa completo e informações adicionais, clique aqui.

 

Boa sorte e nos vemos lá!

Um abraço e Sucesso!

Marcelo Azevedo





Busca de Captadores de Patrocínio

26 01 2017

Oportunidades_de_Negócios.jpg

Já trabalha com captação de patrocínio?

Tem interesse em trabalhar em projetos para captação?

Há algum tempo tenho recebido muitos contatos solicitando indicação de profissionais que façam esse trabalho, por isso vou atualizar meu banco de currículos.

Peço que encaminhem com o título:

  • Captador de Patrocínio 1 – Profissional que já tem experiência há mais de 5 cinco anos;
  • Captador de Patrocínio 2 – Profissional que tem experiência até 5 anos;
  • Captador de Patrocínio 3 – Já participou de algum projeto e tem interesse em mais experiência;

Os currículos podem ser enviados para marceloazevedo@ymail.com

E se você já está trabalhando, mas conhece quem possa ter interesse, indique essa oportunidade!

Um abraço,

Marcelo Azevedo





2016 com novo recorde!

2 01 2017

Caros amigos,

Sabemos que 2016 foi um ano atípico e muito difícil para todas organizações devido à crise econômica e política que passamos.

E quando se fala em patrocínio a situação ainda piora! 

desespero-crise

Quantas vezes fiz ligações para empresas para apresentar projeto e quando dizia “patrocínio”a ligação caia ou a resposta imediata era que não existia verba, independente do projeto.

As empresas congelaram os investimentos e projetos potenciais foram ignorados. Claro que isso não acontece com todas organizações, principalmente as multinacionais que atuam com estratégias internacionais e tem um forte posicionamento diante das crises.

E os projetos incentivados? 

lei-rouanet

O que antes era um selo de qualidade e respeito hoje se tornou um grande questionamento dos projetos aprovados e principalmente dos proponentes que conseguiram 100% da verba incentivada. Deu até lava Jato e projetos que não faziam menor sentido em receber incentivo, uma vez que essa lei foi criada justamente para auxiliar os artistas desconhecidos e democratizar a cultura em todo país.

Selecionei três matérias sobre o tema:

Policia Federal faz operação contra desvios da lei Rouanet 

Lava Jato na mira nos 100 maiores da lei Rouanet 

Os 12 projetos mais bizarros aprovados pela lei Rouanet

Por essas e outras que gosto de compartilhar todas experiências com vocês, tanto as de sucesso como as de fracasso. Temos um Grupo de Patrocínio & Marketing no Linkedin com mais de 2 mil profissionais que atuam na gestão e captação de patrocínio e sempre trocamos experiências para não desanimarmos.

E o que as empresas estão buscando? 

inovac%cc%a7a%cc%83o

Essa é a pergunta que sempre faço no começo de cada reunião com um futuro patrocinador ou cliente e a resposta quase sempre é a mesma: Inovação, Gerar Novas Experiências e Sustentabilidade.

E como fazer isso? Qual objetivo do patrocínio? Qual resultado esperado? Onde querem chegar?

Ah, isso você (proponente) deve me dizer como fará por meio do seu projeto. Oi !?????

Fica muito difícil atuar sem ter parceria e muito fácil jogar todo trabalho sobre o proponente, até porque esse não tem acesso as informações de estratégia da empresa, produtos ou serviços. Existe apenas estudos de mercado e informações captadas nas redes sociais e internet.

Compreendo também que os profissionais de marketing das maiores empresas estão atolados de tanto trabalho, até porque grande parte das equipes foram detonadas e os caras que deviam pensar de maneira inovadora e projetos estratégicos, estão fazendo trabalho operacional e preocupado em manter seu cargo. É o que ouço de muitos companheiros que são diretores, gerentes de marketing ou comunicação.

O caminho é tentar abrir um dialogo sincero de ajuda mutua para que ambos consigam primeiramente ver se o projeto combina com a atuação e DNA da empresa e após essa validação criar de maneira única ações que gerem todos impactos definidos e com maior retorno possível para ambos. O nome disso? Parceria !

Esse ano consegui importantes parcerias com empresas como Natura, Alpargatas, Grupo Segurador BB Mapfre, Furnas, Dow, Sesi, Monsanto, Sanofi, White Martins, Bunge, Telefonica, Cargill, TozziniFreire Advogados, Oracle e Symnetics.

Novo recorde em 2016! 

bolt

Fiquei muito feliz em ver o resultado e principalmente a abrangência do Blog, até porque comecei de maneira despretenciosa e hoje é uma importante ferramenta de trabalho e compartilhamento de ideias e informações que considero relevantes para nosso segmento.

Até porque na faculdade quando estava no primeiro ano de Publicidade o professor perguntava sobre o interesse de atuação e tinha de tudo criação, atendimento, mídia a única coisa que nunca ouvia era: Quero ser captador de patrocínio… rs

Tivemos 123 mil visitas ao longo de 2016 !!!

captura-de-tela-2017-01-02-as-18-47-06

E o que mais me deixou surpreso foi a participação de 96 paises! Isso é muita coisa e sou muito, mas muito grato mesmo!

captura-de-tela-2017-01-02-as-18-46-13

Os principais são:

captura-de-tela-2017-01-02-as-17-35-22captura-de-tela-2017-01-02-as-18-53-27captura-de-tela-2017-01-02-as-18-53-52captura-de-tela-2017-01-02-as-18-54-21

Esse é o motivo para agradecer à todos que me acompanham e só quero dizer que teremos novidades em 2017 para o crescimento do Blog com a participação das empresas e proponentes em busca de novas soluções para estreitarmos esses relacionamentos para gerar novas propostas que contribuam com a sociedade e empresas de uma maneira justa e honesta!

Um brinde à 2017 e mais uma vez, OBRIGADO!

obrigado.png

Forte Abraço e Sucesso.

Marcelo Azevedo






500 Maiores Investidores Culturais em 2016

21 09 2016

 

Investment budget local government

 

Olá amigos proponentes, tudo bem?

Esse é o dado mais atualizado que temos pelo Ministério da Cultura onde listei os 500 maiores investidores em cultura que utilizaram leis de incentivo fiscal no Brasil em 2016.

O maior e principal investidor com muitos milhões está o BNDES com R$ 39.209.700,00 e nessa lista em 500º lugar está a Liotécnica com R$ 62.400,00. O Itaú aparece três vezes entre os 10 mais!

Curioso perceber que as principais empresas dessa lista estão as instituições financeiras, mas tem uma diversidade muito grande em todos setores da economia como saúde, energia, farma, alimentos, bebidas, varejo entre tantas outras.

Setembro e Outubro são meses estratégicos para quem trabalha com captação de patrocínio ou projetos diversos, porque as empresas estão planejando todos investimentos para 2017 e se perder as datas, já era!

 

Aqui listei as 10 principais:

  1. BNDES
  2. Banco do Brasil
  3. Bradesco Vida e Previdência
  4. Cielo
  5. Banco Itaúcard
  6. Itaú Vida e Previdência
  7. Cia Brasileira de Metalurgia e Mineração
  8. Tractebel Energia
  9. Itaú Seguros
  10. BB Corretora de Seguros

 

Também estão na lista empresas como: Correios, Souza Cruz, Carrefour, Lojas Renner, Tetra Pak, Achê, Drogaria São Paulo, Pirelli, Sanofi, CVC, Arezzo, Nike, Avon, EY e Rede D’or.

 

Sugiro que acesse o link de nossa Comunidade no Linkedin e deixe seu email para receber a lista completa (CNPJ, Empresa e Valor de Investimento).

 

Um abraço e Sucesso,

 

Marcelo Azevedo

 

 





Fundação Cargill financia organizações que atuam com transformação por meio da cadeia da alimentação

25 08 2016

Fundação Cargill

Organizações da sociedade civil que desenvolvem projetos voltados para a transformação social e geração de valor na cadeia da alimentação, poderão inscrever projetos para pleitear apoio da Fundação Cargill ao longo do próximo ano. Cada projeto poderá receber até 100 mil reais.

 

Conforme o Edital 2017, lido pela ABCR, podem se inscrever organizações sem fins lucrativos, com sede em uma das 23 cidades onde a Cargill está presente ou em municípios do entorno. Os projetos devem ser executados integralmente ao longo de 2017 e poderão receber até 100 mil reais cada.

Os projetos inscritos devem propor soluções para pelo menos um dos seguintes desafios: desenvolvimento da agricultura familiar; combate ao desperdício de alimentos; promoção da educação alimentar; e empreendedorismo na cadeia de valor da alimentação.

As inscrições devem ser feitas  até o dia 30 de setembro por meio do portal: http://cargill.sociall.com.br/.

Clique aqui para acessar o edital completo.

Via: ABCR





Fórum Captação de Recursos

24 06 2016

correios

Atenção Captadores e afins! 

Hoje mando uma dica especial para os moradores de São Paulo, porque Os Correios promoverá no dia 28 de Junho um evento gratuito, O Fórum Captação de Recursos.

O principal objetivo desse evento será alinhar as diretrizes dos proponentes e dos patrocínadores, pois existe uma lacuna entre os projetos e a forma de apresentá-los.

Contam com a participação de Filipe Ribeiro Dantas, da Sistêmica Comunicação que fala sobre “O Poder da Mala Direta” e a segunda palestra por Fauzi Toute dos Correios, com o tema “A primeira impressão é a que fica” – a importância da mídia off-line na captação de recursos. 

Vamos aproveitar essa oportunidade para compreender melhor esse grande desafio que é a captação de recursos.

As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pelo email gesuvsaoc@correios.com.br

Detalhes:

Evento: Fórum Captação de Recursos

Data: 28 de junho de 2016

Horário: A partir das 8h30

Onde: Espaço Federal (Av. Paulista, 1176 – 11º Andar)

Nos vemos lá?

Um abraço,

Marcelo Azevedo








%d blogueiros gostam disto: